sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

No passo sem compasso








Apaguei as luzes, calei as vozes, me guardei por fora para dar voz ao que estava dentro. Sentimentos desencontrados esmurravam as portas do coração. Pensei em organizá-los em uma fila, um de cada vez por favor. Tá certo que as vezes precisamos bagunçar para encontrar o lugar das coisas. Aprendi que nada é tão grande como a gente vê. Ainda bem! Decidi descomplicar o simples, simplificar os dias. A gente planeja tanto, aí vem o inesperado fazendo festa, rindo dos nossos projetos megalomaníacos, nos ensinar que muita coisa depende de nós, mas que a vida é muito mais que um bloco de notas. Vem nos mostrar que não existe receita pronta, palavra certa, escolhas erradas, a vida se apresenta cada dia com uma nova roupa e cabe a nós tirá-la para dançar ou ficarmos sentados esperando a coragem chegar.
Reaprendi a construir caminhos sem me preocupar com a chegada, apenas com cada passo da caminhada.



Renata Fagundes










29 comentários:

  1. Gostei muito.
    Combinou demais com meu momento atual!
    Que saudade daqui, de seus escritos doces ;)

    Um beijo =*

    ResponderExcluir
  2. Que caminhada mais fofa :)
    Mt bom tomar conhecimento disso, Rê querida!

    Bjokasss

    ResponderExcluir
  3. Rê, lindo texto, sábias palavras. Adorei!!

    ResponderExcluir
  4. nada de fórmulas, passos, receitas... apenas o coração,

    ResponderExcluir
  5. Poemas lindos... como sempre!!!
    E sempre tocam meu coração!
    Beijos floridos!

    ResponderExcluir
  6. E quantas vezes a gente quer e vem a vida mudar a direção,nos colocar na contramão,mostrar que novas emoções são possíveis se abrirmos o coração e deixá-las entrar,não é mesmo?!
    Adorei o post,abraço Renata,maravilhoso fim de semana,=)

    ResponderExcluir
  7. Querida, estou aqui pensando..
    te acompanho pelo Cítrico já um tempinho
    vi suas mudanças [se posso dizer assim]
    e hoje leio tuas palavras me encanto, como antes e sempre!
    Um beijooooo da Ju

    ResponderExcluir
  8. parece que descreveu o momento que estou vivendo...bjuss

    ResponderExcluir
  9. De tudo a gente
    Pensa ser capaz
    É uma ilusão
    Querer que a vida
    Seja sempre linda!

    =)

    Ótimas palavras, Rê!


    Um beijo!

    ResponderExcluir
  10. dificil aprender tudo isso né
    ou colocar em poratica
    usei uma frase sua no final do texto la bjus

    ResponderExcluir
  11. Olá.


    Muito bom... planejar e tentar organizar, faz parte da nossa condição humana... o que não podemos, é deixar de viver... termos sim Sonhos e Planos, mas construirmos as condições para que eles se realizem.

    Parabéns pelo teu belo e reflexivo texto e uma boa noite.

    ;D

    ResponderExcluir
  12. Rê! EU sou deliberadamente tua fã... num é normal essas tempestades de sentimentos que saem de ti... é incrível.. Algo assim tem de ser espalhado, gritado ao quatro cantos do mundo. Eu já estou fazendo minha parte, gritando em meu mundo, sobre ti...
    Abraço com carinho...

    ResponderExcluir
  13. Lindo, como sempre Renata vc capta os sentimentos humanos...os detalhes da vida!
    Apesar da gente planejar tanto, há sempre imprevistos, a vida as vezes muda o curso sem prevermos e a gente tem que dar um jeito de acompanhar a dança da vida, para assim sermos mais felizes.
    Adorei, não comento muito por conta da correria, mas sempre passo por aqui para ler o que escreves e as vezes até copio algumas coisas.
    Boa semana pra vc! Grande abraço, Rebecca.

    ResponderExcluir
  14. ... "me guardei por fora para dar voz ao que estava dentro."... lindo, lindo!!!


    Beijos =)

    ResponderExcluir
  15. Amiga linda, que coisa mais maravilhosa vc escreveu ... estou ainda tentando me encontrar desse jeito.
    Vc inspira e traduz os melhores sentimentos.
    Te admiro muito. beijos mil menina-flor ***

    ResponderExcluir
  16. Olá Renata!
    Encontrei seu blog por acaso e, uau, me encantei.
    Adorei seus textos, levarei alguns para o meu cantinho, com certeza.
    Abraços e espero sua visita.

    ResponderExcluir
  17. é isso ai concordo com o termo que usou "é preciso bagunçar pra achar o lugar das coisas" linda essa parte.


    Beijo flor.

    ResponderExcluir
  18. Não adianta! Vez ou outra a gente se pega fazendo planos, traçando metas. Mas lá vem Deus e dá um sopro! E basta! Lindo texto, Rê.Como sempre! Bjo

    ResponderExcluir
  19. tiro a vida prá dançar todos os dias... :)

    texto lindo !
    beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  20. É um bom plano, não é? Não ter plano algum, não se importar com a chegada, mas sim com o caminho. Assim é mais leve, mais divertido, mais razoável. Assim, a gente é mais feliz.

    =)

    Oi moça, tudo bem? Eu sou a Maria, muito prazer, muito mesmo. Você escreve lindamente! É uma honra ser citada por você. Obrigada, sim? Ando por aqui agora e espero que isso dure bastante.

    Que seja um ano doce em nossas vidas.

    Meu beijo

    ResponderExcluir
  21. Amigos, o meu blog "A Pequena Notável .poesia do cotidiano." foi alterado para o endereço abaixo:

    http://samarabassi.blogspot.com/

    Peço que atualizem e agradeço.
    Meu abraço,
    Sam

    ResponderExcluir
  22. Adoro suas poesias, pensamentos, vivências...nem sei como definir, sei que me sinto mais leve lendo tudo aquilo que vc escreve...Sou cada dia mais fã...Bjos!!!

    ResponderExcluir
  23. Renata, eu precisava mesmo vir aqui hoje me banhar com seus escritos, sabia? Já estava sentindo falta daqui, de você, de suas palavras sempre sábias, delicadas e belas. Eu sei que me repito, mas não me canso de dizer: Adoro o que, e como você, escreve. Lindo, lindo, lindo!

    ResponderExcluir
  24. Amora, eu gosto de te ler, não só como inspiração pra escrever também, não só porque escreves lindamente, e sabes transformar tão bem as coisas simples da vida, em poesia.
    Mas também pra roubar um pouquinho teu jeito lindo de olhar a vida, e encarar tudo como aprendizado.
    Sou tua fã. Como poeta, como mulher.

    Amo! <3

    ResponderExcluir
  25. Rê, que ciranda gosta de ler...É um encanto vir aqui e sair mais leve...
    Um beijo.
    Fer.

    ResponderExcluir

Quero espremer suas idéias

Deixe seu sumo

Bjo da Rê