quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Guerra de Paz










Guarde suas armas. Não tenho vocação pra capturar tiros de insegurança e lágrimas de insatisfação. Aprendi a violar as leis do peito com palavras. Carrego todas as certezas no bolso. Faço tiroteio com verbos, atiro forte na solidão. Planejo assaltos. Roubo corações. E raramente me arrependo. Sou refém de mim. 
Não aprendi a rastejar diante de qualquer ilusão. Minha guerra é doce. Meu exército é de açúcar. Sou sequestradora de doçuras. Lanço mísseis revestidos de risos. Nenhuma dor me prende. A cumplicidade com o acaso me liberta. Meus passos embora firmes tem o peso do algodão, meus olhos são informantes do amor. 
Esses mesmos olhos refletidos no espelho não me reconhecem. Perderam a arrogância dos que sabem tudo. No rosto - marcas de suavidade, tranquilidade de quem sabe o que é e se aceita. Perdi a guerra para discussões desnecessárias - aprendi a cantar. 
O tempo me ensinou que ele pode ser amigo, pode ser lento e me encontrar a sua espera, com pés descalços e flor no cabelo. 




Texto feito em Parceria com uma moça feita generosidade Ju Fuzetto










27 comentários:

  1. Lindo demais ^^
    flores no cabelo sempre
    bjim Rê ***

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus do céu, lindooooooo, tão eu também lindona, que até me deu vontade de chorar.
    Parabéns as duas, maravilhoso, nem sabia que vcs me conheciam tão bem rssss.

    Beijos e ótimo dia pra vc.

    ResponderExcluir
  3. Que perfeito hein Rê!
    E que parceria perfeita também!
    Parabéns

    ResponderExcluir
  4. Da pra saber onde cada uma contribuiu... é essa doce particularidade de cada uma...

    abraço com carinho!!!!

    ResponderExcluir
  5. Rê, obrigada por essa parceria maravilhosa, quero escrever inúmeros textos com você.

    E não é que ficou lindo, demais!!!

    obrigada por essa amizade que nasceu e cresceu florindo dentro do nosso peito.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  6. A vida parece ser uma guerra, mesmo. Até quando trata-se de doçura!
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Nossa, muito muito lindo! Eu ameiiiiii!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Já comentei mas vou voltar a frizar que ficou LINDO DEMAIS Re! Voces estao de parabens por tanta delicadeza... quem dera se todas as guerras fossem de PAZ minha amiga, o mundo anda precisando de pessoas armadas de sorrisos por ai!
    Bjs amada :*

    ResponderExcluir
  9. Lindo.
    E que as armas sejam sempre estas, o amor, o sorriso. E o bem. Sempre.
    Amei o texto.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. O mundo precisa mesmo de um pouco de paz.

    ResponderExcluir
  12. Batalhas de sentimentos encarados e conquistados, merecidas medalhas, exibidas com honra, feitas de lágrimas de alegria pelo dever cumprido ao espalhar amor. Seja com e onde for!

    Beijo Preta, tá lindooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  13. que texto mais doce. essas doçurinhas, (:

    ResponderExcluir
  14. Que bela parceria!!!

    Doce... doce... e não enjoa!

    Beijos =)

    ResponderExcluir
  15. Belissima parceria!
    Parabéns!!!
    Que conquistem mais soldados para essa Guerra de Paz!!!

    ResponderExcluir
  16. LindÚ como tudo que tem RÊ no meio srsrs....
    Mas claro parabéns as duas né..
    beijO minha amig'amada!

    ResponderExcluir
  17. Oi, gostei muito do texto! É belíssimo!!!
    Se você deixar quero postar no meu blog!
    Passa lá e me diz se posso.

    http://gestosesorrisos.blogspot.com/

    Obg.... Beijos!!!

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Só passando para me desculpar pela escassez de postagens em Agosto no meu blog, o Escrevo para Viver.
    É que a faculdade e o trabalho têm tomado todo o meu tempo e ficou complicado postar.
    Mas agora estou de volta e vou me esforçar para manter atualizado.
    Te convido a dar uma passadinha por lá e ler a primeira postagem deste mês (Na cadeira do juiz): http://escrevoparaviver.blogspot.com/2011/09/na-cadeira-do-juiz.html
    Caso puder, deixe seu comentário ^^
    Abraços virtuais,
    Helena.

    ResponderExcluir
  19. Rê, belíssimo texto. Grande parceria hem? Gostei muito. Beijão.

    ResponderExcluir
  20. Moças, eu não sei se xingo um poema ou se declamo um palavrão admirativo. Isso é uma obra-prima! Parabéns às duas!

    ResponderExcluir
  21. Vim por aqui, conhecer teu espaço e encontro a melhor de todas as guerras... aquela que luta por um objetivo o de se encerrar todas as outras já existentes dentro de nós.
    Abraços

    ResponderExcluir
  22. Ai, Rê, nunca me canso de dizer que sou tua fã, né?
    Sempre lutando nessa guerra doce que a vida nos apresenta!

    Ah, a Ju é uma linda!

    Que bela parceria vocês!

    Adorei ;)

    beijinhos, minha flor! Um mês maravilhoso pra ti!

    ResponderExcluir
  23. Eta, que parceria booooooa, Rê!
    Adorei o que vocês fizeram!
    Sempre, sempre uma "guerra doce"!!!

    Um setembro florido pra ti!
    beijos.

    ResponderExcluir
  24. Oi!
    Vim agradecer seu comentário lá no Escrevo para Viver e te convidar a ler a postagem de hoje, "Lobotomia psicológica" (http://escrevoparaviver.blogspot.com/2011/09/lobotomia-psicologica.html).
    Abraços virtuais,
    Helena

    http://escrevoparaviver.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Re!!! Que joia esse seu texto! Que bom ter encontrado seu blog! Toda minha admiração! Beijao

    ResponderExcluir

Quero espremer suas idéias

Deixe seu sumo

Bjo da Rê