quarta-feira, 25 de maio de 2011

Um pouco do seu muito





A gente se acostuma com tão pouco. Pouco sorriso, pouco afeto, pouca educação, pouca gentileza, pouca gente querendo ser grande, grande aliado, grande amigo, grande coração, grande vontade de que a gente dê certo. Tem também muita gente pequena se engrandecendo atoa. E quando alguém vem trazendo um pouco do seu melhor, um tanto do seu tudo, a gente se assusta por nada.


Renata Fagundes







21 comentários:

  1. E eu acho que não deveríamos ser assim ;/

    ResponderExcluir
  2. Que lindo isso. Quanta verdade em poucas linhas. Estamos tão acostumados as migalhas, que tudo que é maior, nos assusta,


    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. O engraçado é que, quem não dá o seu melhor, apenas é ele mesmo, mas quem dá o pior, nisso faz questão de parecer ser o maior.


    Com o tempo aprendemos a melhorar e conviver, ou não e acabar sozinho, de um modo ou de outro iremos aprender.

    Beijo Vida!

    ResponderExcluir
  4. Tão verdade isso!!

    Um beijo, menina Renata!

    ResponderExcluir
  5. Sei bem como é isso...bjs Rê

    Ahhh dá uma passada no blog do meu marido tá ótimo, bom sei q sou suspeita pra falar rs, mas sempre dizia pra ele escrever pq tem muitas idéias!! Te espero lá...

    http://esseeomeurespirar.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. - Ah, se ficarmos distantes
    - A gente não se aquece;
    - Ficando muito perto,
    - A gente se machuca.
    - Qual a distância certa?
    - Depende do tamanho dos espinhos...

    - Abraço, moça...

    ResponderExcluir
  7. Como sempre PERFEITOOO.

    A gente pode até morar numa casa mais ou menos, desde que não nos tornemos pessoas mais ou menos.

    E é sempre muitooooo bom estar aqui nesse cantinho, recebendo o seu melhor e assim me tornando uma pessoa melhor.

    Adoro vc menina, apesar de nunca te-la visto.

    Bjkasssss

    ResponderExcluir
  8. Tão sincero e verdadeiro ... parece até que escreveu para mim :(
    Ando percebendo isso tão próximo.
    Pessoas que se engrandecem por nada. Se acham mehores que outras.
    No fundo isso é muito triste.
    Um beijo ***

    ResponderExcluir
  9. Ou se assusta por tudo...lindo RÊ! O que deveria ser natural realmente inverteu os papéis com o extraordinário...bjs

    ResponderExcluir
  10. Ai mana é verdade! Sabe, eu tenho que aprender a filtrar minhas emoções... porque eu vejo tanta dessa gente pequena que, acabo ficando doente.

    Beijos linda!
    ...É sempre um grande prazer vir aqui.

    ResponderExcluir
  11. Oi Renata tudo bem? Tenho comigo que devemos ser sempre inconformados, nem pouco, nem muito, nem tudo nem nada são suficientes... melhor é o equilíbrio.

    Muito obrigado pela gentileza dar uma passada no meu blog http://esseeomeurespirar.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  12. Muito verdade isso

    tá tudo um caos danado, seria tão bom se todo mundo fosse um tão tão de coisas só boas =)


    beijuss querida

    ResponderExcluir
  13. Rê.. querida, que bom que ainda existem gente pequena de coração grande, fazendo coisas grandes e não querendo ser grande... amei seu post....
    Bjinsss

    ResponderExcluir
  14. É difícil explorarmos o nosso melhor...
    Mas quando assim o fazemos , crescemos !

    BeijO enorme amiga querida...

    ResponderExcluir
  15. Lindo, lindo, lindo. Bom fds.

    http://deletrasasentimentos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Verdade, Renata. O muito nos assusta porque é pelo pouco que esperam os otimistas.

    ResponderExcluir
  17. Lindoooo! E extremamente verdadeiro ;)
    Isso vive acontecendo comigo :~
    Beijocas, querida =*

    ResponderExcluir
  18. Oh Renata, to adorando seu cantinho, visual, cor as letras, as cores, tuuudo.
    OOh que blog fofo, =)

    Um beijo,
    Fé Fraga.
    http://mefaltaumpedacoteu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Estou carregando suas palavras filhinhas pra passear no meu cantinho!!! Lá tem varanda, rede e balaço!!! :D :D :D

    ResponderExcluir

Quero espremer suas idéias

Deixe seu sumo

Bjo da Rê