terça-feira, 17 de maio de 2011

Meu tom







Os dias me embrulham em sua correria, não me debato mais, aprendi a sentir minha paz. To escrevendo samba, ouvindo Chico, embalada por Vinícius. Conversando com as letras de Tom, descobri o tom que me toca. A vida lá fora segue frenética. Mas aqui dentro "estou " mais bossa nova que carnaval.


Renata Fagundes







22 comentários:

  1. ... Rê querida.. que essa paz gostosa fique mesmo em seu coração... é tão bom sentir assim né?
    Boa semaninha para vc..
    bjos floridos

    ResponderExcluir
  2. Nossa Rê! Como senti saudades dessas teus pedaços de nuvens... me acarinha esse teu jeito de escrever sonhos...

    abraço com carinho!

    ResponderExcluir
  3. Na noite de ontem, estávamos assistindo Chico, engraçado que a primeira coisa que falo pra todos hoje em dia em dia é: sabia que ele já estudou em Cataguases? :)

    Beijo ao som dos tamborins!

    ResponderExcluir
  4. Ai q estado interior delicioso, confesso q preciso mais desse sentimento, as vezes estou relaxando daqui a pouco me dá um 5 minutos e esqueço de toda tranquilidade rs, bjs querida!!

    ResponderExcluir
  5. Muito lindo,Renata! um beijo,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  6. Rê,
    É tão bom quando achamos nosso tom,quando conversamos com as letras que nos tocam, e nos dizem tantas coisas...Que perfeita simetria você buscou para achar o seu tom, Tom e Vinícius...

    A felicidade é como a pluma
    Que o vento vai levando pelo ar
    Voa tão leve
    Mas tem a vida breve
    Precisa que haja vento sem parar

    Trecho de: Felicidade - Tom e Vinícios

    Bjão Moça Bossa Nova!
    Gê!

    ResponderExcluir
  7. Dentro desses sons, nem a proposta do silêncio me encantaria.

    ResponderExcluir
  8. FAz vc mto bem!...rs
    E viva a boa música!

    bjo de bom dia!

    =)

    ResponderExcluir
  9. Que isso, nem esquenta a cabeça com a resposta lá. Tá cheio de problemas mesmo, eu vi algumas coisas na central deles...
    Inspiração??? Xiii vem só de vez em quando agora. :P Mas ainda vem. :D :D :D
    Super beijo!!!

    ResponderExcluir
  10. Ahh minha amig'amada eu também..
    Eu também...

    E sabe muito do que aprendi, encontrei
    e descobri foi conversando com letras tuas...

    beijo gigrandão nucê..

    ResponderExcluir
  11. - E com o embalo das letras a vida vai seguindo no ritmo que a musica toca...

    estava com saudades de suas letras minha linda.

    beijoos carinhosos

    ResponderExcluir
  12. E como é necessário sentir o tom que o nosso coração dança, coloca..
    impossível não dançar junto!
    Um beijo querida
    Ju

    ResponderExcluir
  13. As vezes é bom desacelerar, o que importa mesmo é encontrar o ritmo que mais combina com a gente naquele momento e dançar a musica seguindo os compassos....
    bjos boa semana!

    ResponderExcluir
  14. Rê, nosso reino não pertence a este mundo. Tenho certeza disso. Nosso mundo tem bossa, flores, amores... Beijo querida! Passa lá no Meio Desligado.

    ResponderExcluir
  15. Eu também.
    Até parece que aqui dentro tudo gira em distorção com o lado de fora!

    Fica na paz, Reh,

    beijos de amor.

    ResponderExcluir
  16. Eba, Re! Q delicia. Eu quro chegar aí, nesse grau q vc tá rs...

    Bjão
    Amei a imagem q postou!

    ResponderExcluir
  17. Que texto lindo e profundo, Renata! Impor seu próprio ritmo à vida, é priorizar-se, e isso é essencial!
    Bjo e sorrisos pra ti.

    ResponderExcluir
  18. Dancemos ao som do coração então! ;)

    ResponderExcluir
  19. Não!
    Mas fique à vontade!
    Pois eu tbm A-D-O-R-O V-C ^_^!

    BjÃOOO Rê!

    ResponderExcluir

Quero espremer suas idéias

Deixe seu sumo

Bjo da Rê