segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Só hoje








Acredito que só o hoje me pertence, ontem não consigo tocar, amanhã não consigo enxergar. Tento fazer o meu melhor, apesar de vez por outra me atrapalhar,  mudando as coisas de lugar. 
Tenho dias de não querer sair da cama e dias de cantar de madrugada, o importante é fazer o que a alma pede. Há tempos deixei de engolir sapos, a pouco deixei de pensar ser tarde demais para aprender dança de salão. Cometo erros tentando acertar. Acerto sem querer. 

Minha verdade sempre será questionada, mas não me justifico, não preciso. Acredito que quem me ama me aceita assim, com uma certa insanidade dosada, com essa sinceridade escancarada. Cara lavada, braços abertos, briga da boa, aconchego, afeto.

Não carrego malas pesadas de mágoas, aprendi a reduzir a bagagem do coração. Sei que a perfeição anda a passos largos de mim, isso não me aborrece, deve ser chato acertar sempre. Tenho sonhos e projetos para o futuro, mas, por enquanto, meu caminho é a estrada do agora.



Renata Fagundes











23 comentários:

  1. A cada texto, cada frase que conheço você, digo sim, que a perfeição não precisa estar perto de nós, os nossos defeitos nos deixam mais belas, mais interessantes (:
    Adorei Renata, beijo *;

    ResponderExcluir
  2. E como diz nossa querida Rita Apoena: "Vivo tao intensamente o agora que quase chego atrasada no momento seguinte..."
    É bem isso mesmo Re!

    P.S.: Feliz dia dos namorados pra vcs tb amiga, pq celebrar o amor nao tem data certa! A gente faz isso todos os dias!

    Te abraco apertado!

    ResponderExcluir
  3. Os erros e acertos são o alimento da alma. =)

    ResponderExcluir
  4. Sabe Rê, esta tem sido minha prioridade, viver no 'hoje' já está de bom tamanho!

    Beijos pra Ti

    ResponderExcluir
  5. Carpe diem.

    Abraço meu.
    Semana iluminada, querida Renata.

    ResponderExcluir
  6. Me ensina a reduzir a bagagem do coração porque eu so sei preencher...

    ResponderExcluir
  7. Rê, que bom ler seu texto. Tem vezes que me sinto assim, mas ainda me atrapalho quanto a isso de viver só o presente, estou melhorando, mas tem horas que o amanhã me preocupa. Bjus querida, adoro seu blog.

    ResponderExcluir
  8. Amanhã e ontem realmente não existem, a não ser na nossa concepção de tempo, somos rio que corre, mudança constante trazendo novas águas todos os dias, cada dia uma nova realidade.

    Como sempre digo hoje é o melhor dia, por isso mesmo é chamado PRESENTE.

    Beijos minha Japonega!

    ResponderExcluir
  9. " Cara lavada, braços abertos,
    briga da boa, aconchego, afeto".
    É isso!
    E sempre hoje...

    beiJO amig'amada que'dooooooruuu ...

    ResponderExcluir
  10. Amei tua escrita, Rê!
    É muito bom vibrar o agora, viver o agora, ser feliz agora (: Adoro quando falas disto aqui!

    Beijinhos, querida, sinta-se abraçada.

    Ah, Rê, acho que add você no facebook, hihi*

    Ótima semana :P

    ResponderExcluir
  11. Adorei, quem carrega malas pesadas de sentimentos ruins só pode ser doido, né? A gente tem que é viver de bem com a vida, apesar dos tropeços, seguir livre, leve, solta e feliz.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Pode ser engano, além do mais nem te conheço pessoalmente, só te vejo em fotos, mas esta se parece muito contigo: http://www.facebook.com/profile.php?id=1767224205

    Beijos **

    ResponderExcluir
  13. Ai, que vergonha, menina :$
    rsrsrs, desculpa, Rê! E, sim, já te adicionei, agora no perfil certo (:

    Boa tarde!

    Beijos **

    ResponderExcluir
  14. Rê,


    Texto lindo e verdadeiro.
    A vida é Agora !


    Bjo de Boa Semana.

    ResponderExcluir
  15. Belas palavras *-* amei...

    Mudei o link do meu blog... atualiza no painel #please ;)
    http://daniellymeloescritos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Idem Re.

    Tão bom carregar nossa bagagem mais leve.

    Um beijooooo!

    ResponderExcluir


  17. Aí...thank you very much pelas asas de anjo!

    Viu adorei esse trecho:

    Tenho dias de não querer sair da cama e dias de cantar de madrugada, o importante é fazer o que a alma pede.

    Minha alma tem andado em pausa, com muita pouca vontade de fazer alguma coisa, acho que ando numa fase chatonildo, então é melhor ficar quietinho...Mas tudo passa, então passará e como diria Mário Quintana...Eu passarinho!

    Mas este seu trecho tbm vale:

    Acredito que quem me ama me aceita assim, com uma certa insanidade dosada, com essa sinceridade escancarada. Cara lavada, braços abertos, briga da boa, aconchego, afeto.

    Afinal somos quem podemos ser, somatórios de coisas boas e ruins, de defeitos imperfeitos mas carregados de puro sentimentos, como os de amizade, que nutrimos um pelo outro!

    Bjão leve e colorido feito balão!
    Gê.

    ResponderExcluir
  18. Linda e verdadeira postagem. A autenticidade é um dom e infelizmente não é para todos. Seus textos são sempre carregados dela.

    ResponderExcluir
  19. Amei, vai pro meu perfil do orkut, com os devidos creditos é claro, perfeitoooooooo

    ResponderExcluir
  20. Amor, tem um selinho para você em meu blog.
    Espero que gostes, querida!

    http://cynthiadayanne.blogspot.com/p/selos_07.html

    ResponderExcluir
  21. Lindo seu texto, como sempre.
    Para mim é quase impossivel não tocar no ontem e não tentar vê o amanhã. Mas quem sabe um dia aprendo como você!?
    beijos

    ResponderExcluir
  22. Viver o hoje, isso qe temos que fazer; o passado muitas vezes nos atrapalha.

    grande beejo querida'

    ResponderExcluir

Quero espremer suas idéias

Deixe seu sumo

Bjo da Rê