quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Gente como a gente






Eu gosto dos que se mostram, se rasgam e sangram, comemoram e esbravejam
gosto do sabor da lágrima, mãos trêmulas e pulos de alegria
batom borrando no beijo, corpo cheirando a desejo, porta batendo, coração se abrindo
cheiro de suor, cicatrizes, pele bronzeada, pés molhados, cara lavada
não sou fã de gente passada a ferro - foto montada
gosto do colorido, do improviso.


Renata Fagundes









.

18 comentários:

  1. aah, a cada dia gosto mais e mais de passar por aqui. Lindo!

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  2. Rê,

    Eu me arrebento de viver, me esgoto...não sobra pedra sobre pedra no fim do dia...rsrsrs

    Minha flor cintilante manda um e-mail seu para que eu possa vinculá-lo ao blog, a fim de que tu possa lá escrever quando quiser.

    Beijos de luz

    ResponderExcluir
  3. Ah eu tbm gosto minha querida!!
    Temos que viver intensamente cada segundo, provar até última gota dessa maravilha que é a VIDA.

    Como dizia a Eterna Clarice:

    ''Sou composta por urgências: minhas alegrias são intensas, minhas tristezas, absolutas. Me entupo de ausências, me esvazio de excessos. Eu não caibo no estreito, eu só vivo nos extremos.''

    Adoro visitar o seu cantinho, sempre encontro
    textos lindos de se ler.

    Bjs minha querida!!

    ResponderExcluir
  4. É por essas e outras de "vc" que aprendi a admirar te e a gostar muitão..
    virei fã, tem um tempo já... rsrs

    adoroooo!!! aqui anda meio bagunçado tumultuado mas vc tem lugar reservado nesse coração rasgado e exagerado meu...

    beiJO amig'amada..

    ResponderExcluir
  5. *_*

    Adoroo o que escreves,
    e como escreves'
    'é tudo tão perfeito'.

    :*

    ResponderExcluir
  6. Estou contigo flor!
    tudo certinho as vezes cansa.
    O bom é o espontaneo. que mostra o que é de verdade..

    Beeeijos com carinho *-*

    ResponderExcluir
  7. A vida, bem vivida, nos torna mestres do improviso. Momentos inesperados nos levam ao paraíso.

    Vem ver, inventei gorinha mess

    Beijos diferentes!

    ResponderExcluir
  8. *-* que coisa tão linda e profunda de se ler *-*

    ResponderExcluir
  9. Ou seja: gente de verdade.
    Muito bom... as coisas boas da vida passam por este texto.

    Boa tarde.

    :D

    ResponderExcluir
  10. Já sei... gostas é de gente, não é? Texto maravilhoso, Renata!
    Agradeço a visita ao blog, e espero te encontrar mais vezes por lá... por aqui... pela vida.
    Bjo, menina talentosa.

    ResponderExcluir
  11. - gosto da naturalidade, da simplicidade do acaso.

    beijos Rê ;*

    ResponderExcluir
  12. Isso msmo, Rê!
    =)
    Me fez lembrar de um barzinho simples q gosto de ir... Onde as pessoas + cansadas da lida tentam relaxar a mente cansada ouvindo uma boa música, tomando uns goles.. rs SEm máscaras.

    bj

    ResponderExcluir
  13. Rê,

    Mandei pro teu e-mail o convite pra ser autora do blog.

    Ah, te add no MSN tbm.

    Bijooos

    ResponderExcluir
  14. Eu também, moça. Eu também. Até porque originalidade, pra mim, tem tudo a ver com improviso.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  15. Compartilho deste gosto. (:
    Também gosto de gente de verdade, gente que saber SER e É assim mesmo, cheios de confusão, trapalhada. Gente que vive e não só existe né?!

    Obrigada por seguir meu Mundo Fora D'água.
    Fico feliz.

    Beijos e Queijos! ;*

    ResponderExcluir
  16. Rê,

    Reenviei o convite, me diz se agora deu certo...

    Beijos ensolarados

    ResponderExcluir

Quero espremer suas idéias

Deixe seu sumo

Bjo da Rê