segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Cuidando do amor



Bia é uma amiga bem humorada que tem o dom de me fazer dar boas gargalhadas.
Me contou que havia encontrado com o ex e que ele a convidou pra sair.
- Re, fiz um esforço descomunal para disfarçar minha cara de espanto sarcástico ao cantarolar mentalmente "baba olha o que perdeu..bem feito pra você"..rs
- Claro que não aceitei, depois de tudo que sofri com a separação, mas senti um prazer inexplicável ao ver a decepção nos olhos dele, não me achei má, só humana.

É humano amar, deixar de amar, reaprender a amar, mas é preciso alimentar o amor todos os dias.
Sabe aquela velha frase - é preciso fazer pelas pessoas enquanto estão vivas, não depois de mortas. Acho que ela cabe dentro do contexto do amor.
É preciso batalhar incansavelmente por uma estória, é preciso cuidar do amor enquanto está quente, vibrante, vivo. É preciso despertá-lo com beijos, dormir no aconchego quente dos seus braços, sem pressa.
É inútil levar flores e limpar sua lápide depois de tê-lo deixado morrer.


Renata Fagundes




"...E cada segundo, cada momento, cada instante
É quase eterno, passa devagar
Se o seu mundo for o mundo inteiro
Sua vida, seu amor, seu lar
Cuide tudo que for verdadeiro
Deixe tudo que não for passar...

Cuide bem do seu amor
seja quem for..."

Paralamas do Sucesso











17 comentários:

  1. Engraçado ler isso hoje, trasmissão de pensamento, ontem mesmo eu conversava com um amigo sobre isso, o quanto as pessoas deixam o amor passar, mesmo estando juntas, porque amor tem q ser lapidado todos os dias, o tempo todo...é uma troca de energia constante...adorei amiga! Beijos com muitas saudades...love u!

    ResponderExcluir
  2. Rê,

    Muito bonito o seu texto. Como diz meu pai: amor é cultivo.

    Beijo

    Carla

    ResponderExcluir
  3. poxa Rê sempre tão bom vir por aqui...
    e tem dia que parece escrever pra mim....
    bjo flor linda..
    "sua amiga está certissima"

    ResponderExcluir
  4. A vida é muito breve, pena que são poucos os que pensam nisso com realidade.

    Beijos pra Ti

    ResponderExcluir
  5. Lindo

    p.s.: essa música dos Paralamas é demais!

    ResponderExcluir
  6. Rê...

    Pois é né, existem pessoas que não sabem dar o devido valor ao amor, quando este se encontra ao alcance de suas mãos, somente depois de perderem... Depois querem recuperar, como se os sentimentos e as mágoas que foram causadas à quem o simplesmente amou, fossem apenas poeira, em que passamos um pano limpo, e tá tudo resolvido...
    Passei por uma situação muito semelhante à de sua amiga, e como ela, também disse não, mas isso me dói até hoje, mas sei que foi a decisão certa, pois o amor precisa de cuidados, de dedicação, de sonhos reais, de gosto, de cheiro... Esse amor reside em mim até hoje, e já faz muito tempo que ele brotou...
    Mas aprendi, que o amor não deva acontecer apenas de um lado, requer duas mãos, quando um ama mais que o outro, é melhor cada um seguir seu caminho...

    Bjô minha amiga!
    Tenha uma cintilante semana!

    ResponderExcluir
  7. Cuida, dosadamente todo dia, revolve, molha, replanta
    Cuida, dosa as críticas para menos, elogios para mais
    Cuida, da mente, coração, alma, fogo, paixão, enfim

    Cuidar para não se descuidar de amar plenamente

    Sempre

    Essa música ficou carregada de fogos de alegria sem fim, pelo menos para nós,

    Te Amú!

    ResponderExcluir
  8. oiii meninaaa,

    Amei teus textos. De fato eu acabei me misturando com tuas palavras, me identifiquei muito.

    Lindos. Parabéns.

    Beijos doces e linda semana.

    ResponderExcluir
  9. nem de longe adianta deixar o amor de lado, vc apenas sofre
    qdo ele morre é tarde demais

    adorei seu blog

    Beijossss
    http://pensamentosdapoetisa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Falta de cuidado põe tudo a perder... E o que era sólido, se dissolve no ar. Belo texto, bela verdade.

    Parabéns pelo blog, beeejo.Seguindo-te. Boa semana.

    ResponderExcluir
  11. Quem ama cuida e é bom lembrar disso. Gostei muito do seu texto.
    Beijo
    Denise

    ResponderExcluir
  12. Se for amor verdadeiro sim, ai não vale a pena deixar passar mas pensamos muitas vezes que o amor é passional demais, sofrido demais, sufocante demais, agonizante demais, cobrador demais e passa dos limites.
    Não sei se era o caso da amiga.

    Belas palavras vc escreveu.

    bjsssssssss

    ResponderExcluir
  13. Re, eu também concordo com vc.
    Depois que o sentimento deixa de existir, é como cristal quebrado... nao cola, nao une...
    ADOREI!!!

    ResponderExcluir
  14. Ola! Gostei muito do seu blog!
    Adicionei ele no meu blog em minha lista de blogs!
    Podemos fazer uma parceria? Então você coloca o meu link no seu blog?
    www.seilaqueseja.blogspot.com

    beijokas!

    ResponderExcluir
  15. Eu acredito em tudo o que vc escreceu Renata. Aliás, eu adoro tudo o que vc escreve. Vem de dentro, sabe? É preciso, sem dúvida, alimentar o amor. Engraçado, agora há pouco, cerca de dez minutos atrás, eu estava ouvindo a canção Sede de amor, da Paula Fernandes, que me encheu os olhos d'agua. Sou um homem apaixonado, sou um homem que ama há 11 anos a mesma mulher. Sou assim, feliz por ter comigo quem escolhi para ser a mãe dos meus [futuros] filhos. Me apaixonei logo no 1º beijo e até hoje saciamos a nossa sede de amar no outro. Beijo Rê!

    ResponderExcluir
  16. Muito bom passar por aqui e encontrar essas postagens maravilhosas, melhor ainda qdo se referem ao amor..

    Boa noite pra ti!!
    tatapalavrasaovento.blogspot.com

    ResponderExcluir

Quero espremer suas idéias

Deixe seu sumo

Bjo da Rê